Módulo: Ficção
Ministrante: Di Moretti

 

Forma


A oficina engloba temas específicos que descrevem a elaboração de um roteiro cinematográfico ficcional, de curta ou longa-metragem. Cada módulo se divide em diversas atividades, como o desenvolvimento de um tema específico sobre a realização de um roteiro e pequenos exercícios práticos de roteirização.
Este curso possui um total de 12 horas/aula, divididas em 3 módulos:

 

O ROTEIRISTA (módulo 1) - discute o trabalho deste profissional no desenvolvimento de uma produção cinematográfica, as etapas de elaboração: função, direitos e deveres, remuneração e contrato de trabalho, concursos e editais.

 

O ROTEIRO (módulos 2 e 3) - análise mais detida e profunda de todo o processo de criação e elaboração de um roteiro, do conteúdo à forma. Detalhes sobre: pesquisa, desenvolvimento de storyline, sinopse, argumento e escaleta, tratamentos de roteiro, personagens, formatação do roteiro, estrutura narrativa e arco dramático, construção de ações e diálogos.

 


Conteúdo


O roteirista e sua profissão


Apresentação do roteirista. Explanação sobre o “desejo de escrever”. Citação de bibliografia e filmografia básicas para consulta e informação. Mergulho no processo de criação e de realização de um roteiro, relação/tempo/pesquisa/ produtividade. Análise completa da função de um roteirista e de como ele interage com as várias etapas da produção de um filme. Informações do mercado de trabalho, como oportunidades, cachês, contratos, direitos autorais e a representatividade da categoria. Informações sobre a viabilização do trabalho de um roteirista através de concursos promovidos, tanto por empresas privadas como por órgãos públicos. Concursos tradicionais de entidades particulares de estímulo à cultura, leis de incentivos e editais públicos das esferas municipais, estaduais e federais.

 

A pesquisa


Mediante o roteiro escolhido parte-se para o desenvolvimento de uma pesquisa complexa do tema. Histórico, costumes, hábitos, linguagem, cenografia, música, figurinos, diálogos, ações. Este módulo contextualiza o roteiro e o deixa crível a qualquer tipo de análise da forma ao conteúdo.

 

O roteiro e a forma


Noções gerais de como formatar um roteiro: idéia, storyline, argumento, sinopse, tratamento, storyboard. Descrição de roteiro literário e do roteiro técnico. Montagem formal de um roteiro: sequências, cenas, cortes e as principais regras da escrita e composição.

 

A narrativa e os personagens


O roteiro aqui se submete a uma análise de sua construção narrativa, quem conta e a quem se dirige à história central. Desenvolvimento de flashbacks, flashfowards, linguagem direta, narrador observador, onisciente. Uma vez aplainado o terreno da história, vamos identificar seus personagens, quantificá-los, conhecê-los, saber se podem ser suprimidos, concentrados, universalizados.

 

O personagem e o diálogo


Desenvolvimento integral dos personagens do enredo. Definição de protagonistas, antagonistas, coadjuvantes, e figurantes. Análise de tipos, protótipos e estereótipos. A importância do personagem no contexto da história, suas características físicas e psicológicas. Adequação da linguagem, musicalidade, coloquialismo, fluidez, correção gramatical, discurso direto, subjetividade, narração.

 

O estilo e a adaptação


Discussão sobre os diferentes gêneros de roteiro cinematográfico: aventura, comédia, policial, terror, musical, drama, ficção científica.
A distinção entre roteiro original e o roteiro adaptado. As diversas fontes de adaptação, o teatro, a literatura, a música, as histórias em quadrinhos.