Apresentação

O Icumam Lab – Laboratório de Fomento à Produção Audiovisual no Centro-Oeste chega à quinta edição em 2018 consagrado como um dos mais importantes espaços de qualificação profissional da área no País. Foram selecionados nove projetos de longa-metragem e séries para TV, ficcionais e documentais, sendo 4 de Goiás, 4 do Distrito Federal e 1 do Mato Grosso. Os selecionados desta edição são: Hotel Califórnia (GO), Lola (GO) e Mike (DF) na categoria longa-metragem; Cidades planejadas (GO), Meninas em conflito com a lei (MT) e Xerifes do Mar (DF) na categoria documentário; Micronauta (GO), Pé de Lírio (DF) e Tres Lunas (DF) na categoria série de TV.

Criado em 2013 como espaço de formação pertinente às novas configurações e perspectivas do mercado audiovisual no Centro-Oeste, o projeto é pioneiro na Região e foi realizado no período de 22 a 28 de abril na Pousada Monjolo, em Nerópolis, município que fica a 30 km de Goiânia. O Icumam Lab é realizado pelo Icumam e tem o incentivo da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Goiânia e apoio do Sebrae – Goiás e da Pousada Monjolo, local onde acontecerá a imersão.

Como resultados desta edição, o laboratório contabiliza 37 profissionais envolvidos, sete tutores, três palestrantes sendo uma palestra destinada aos participantes do laboratório, além de uma palestra e uma masterclass abertas ao público em geral. No total foram 239 inscritos e 246 participantes nas atividades abertas ao público – um público ávido e interessado nas temáticas, que compareceu a Pousada Monjolo e lotou o espaço da palestra e masterclass.

A proposta do laboratório é estimular a compreensão e a reflexão sobre os projetos audiovisuais desde o desenvolvimento até o financiamento e, assim, qualificar os participantes para o mercado audiovisual nacional e internacional. A novidade deste ano é que os projetos de maior destaque foram premiados. O laboratório contou com o apoio da Mistika, DotCine, C/as4tro, Cinemática Audiovisual, SAPPI, UEG e BrLab. 

Este ano, o Icumam Lab recebeu 54 inscrições, sendo 24 inscrições do Distrito Federal, 20 de Goiás, 9 do Mato Grosso e 1 do Mato Grosso do Sul. Dentre os projetos inscritos estavam 18 Séries para TV e 36 longas-metragem, sendo 37 projetos ficcionais, 15 documentais, 2 projetos híbridos e 2 de animação. A cineasta, produtora e curadora Flávia Candida, a produtora e consultora Fernanda De Capua e os produtores Leonardo Mecchi e Rafael Sampaio integram a Comissão de Seleção do 5º Icumam Lab. Os projetos participantes foram escolhidos a partir da qualidade técnica e artística, da factibilidade e da viabilidade de produção, além do potencial e da originalidade da proposta. O estágio de desenvolvimento e a qualidade dos materiais apresentados também foram considerados.

Os projetos selecionados receberam consultorias e assessoria exclusivas da equipe de tutores formada pela documentarista, produtora e pesquisadora Beth Formaggini; a produtora executiva Daniela Aun; a consultora e produtora Mariana Brasil; o produtor, programador e curador Rafael Sampaio e as roteiristas Sabina Anzuategui e Mariana Trench.

Fernanda De Capua também atuou como consultora de Pitching, onde os melhores projetos foram escolhidos para receber as premiações, oferecidas pelas empresas parceiras. Os vencedores poderão utilizá-los em um período que vai de um a quatro anos. Os premiados foram:

Meninas em Conflito com a Lei (MT): 36 horas de correção de cor oferecido pela DOT Cine;

Meninas em Conflito com a Lei (MT): Participação nas rodadas de negócios e reuniões com players convidados do III SAPPI;

Micronauta (GO): 5 horas de consultoria de produção Executiva oferecido pelo Coletivo C/as4tro;

Mike (DF): Conformação, aplicação de letreiros e DCP oferecido pela Mistika;

Xerifes do Mar (DF): Serviço completo de mixagem 5.1 oferecido pela Cinemática Audiovisual;

Xerifes do Mar (DF): 5 horas de consultoria de produção Executiva oferecido pelo Coletivo C/as4tro;

Hotel Califórnia (GO), Micronauta (GO) e Xerifes do Mar (DF): Prêmio especial Icumam – Menção Honrosa.

Uma palestra com Marcelo Siqueira, diretor da Mistika, sobre “A Importância da Pós-Produção e Efeitos no Desenvolvimento de Projetos” também esteve na programação voltada aos diretores e produtores participantes do Icumam Lab. O diretor de efeitos especiais trabalha com cinema e vídeo desde os 15 anos e é pioneiro na utilização da tecnologia Intermediação Digital com os filmes O Auto da Compadecida (1999) e Gêmeas (2001).

Em cinco edições, 45 projetos foram contemplados pelo Icumam Lab; destes, 24 se encontram em diferentes fases da produção, desenvolvimento, finalização e distribuição. Os resultados são de grande importância para o mercado audiovisual no Centro-Oeste. Dois deles, “Vidas Secas”, de Daniel Nolasco, e “Fogaréu”, de Flávia Neves, foram selecionados em 2017 no Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Cinema Brasileiro (PRODECINE), da ANCINE, que investe em projetos com linguagem inovadora e relevância artística.

Já o projeto “Dias Vazios”, de Robney Bruno, foi selecionado para a Mostra Futuro Brasil do 50º Festival de Cinema de Brasília e para a Mostra Aurora, da 21ª Mostra de Cinema de Tiradentes, em Minas Gerais. O documentário “Paulistas”, também de Daniel Nolasco, teve sua estreia mundial no DOK Leipzig, festival internacional de documentários e animações, na Alemanha.

Os tutores destacaram no pitching final, realizado na manhã de sábado, como os projetos mudaram de forma ao longo dos dias e como todos eles saíram melhor formatados e mais preparados para buscar financiamentos público e privado. Um exemplo disso é que, ao final desta semana de imersão, um projeto já saiu do Icumam Lab com proposta de co-produção, um mudou de nome, uma animação ganhou um personagem novo.

Palestra e Masterclass gratuitas e abertas ao público

Além dos participantes selecionados, os interessados em audiovisual de modo geral puderam assistir à palestra “Pacote de Acessibilidade – A inclusão como nova realidade no audiovisual brasileiro”, ministrada pelo roteirista, professor e pesquisador de audiovisual José Augusto de Blasiis. A atividade também irá ocorreu na Pousada Monjolo no sábado (dia 28) às 14h30. 

Também no dia 28, às 17h, houve uma masterclass com o diretor, produtor e roteirista Zé Brandão, um dos nomes por trás da série de sucesso Irmão do Jorel, co-produzida pela Cartoon Network Brasil e Copa Studio. Zé Brandão é, ainda, criador, coordenador pedagógico e professor no ‘Estúdio Escola de Animação, no Rio de Janeiro. A masterclass teve o título “Irmão do Jorel, Tromba Trem e Historietas Assombradas: Produzindo Animação no Brasil”.

 

Maria Abdalla

Diretora

 

Confira mais fotos dessa edição aqui.



Galeria