Sangue do meu Sangue

Sangue do Meu Sangue (DF)

longa-metragem de ficção

 

SINOPSE

Glória (13) é uma garota religiosa, pura e muito sensível, que sofre bullying na escola. Certo dia, as provocações vão longe demais. Um colega finge estar possuído por um demônio e a faz ficar tão agitada a ponto do seu frágil coração falhar. Contra a vontade de Glória, a mãe autoriza o transplante do órgão por um coração suíno, única resposta médica capaz de salvar a vida da filha. A cirurgia é um sucesso e a garota é tratada como um milagre da medicina. Mas o preço de salvar a vida dela é decretar a maldição de sua alma. As provocações na escola aumentam: “oinc, Frankenstein”. Na sua igreja, a evitam. Perdidos, seus pais não conseguem ampará-la. Então ela se aproxima de Sofia (14), garota transgênero, gótica, de lápis preto no olho. Sofia e Glória, apesar de aparentemente não terem nada em comum, encontram juntas uma força que não conheciam. Já o pai, na intenção de resolver o que parece ser um castigo divino, volta à igreja e deve provar que o amor a Deus é maior do que tudo.

 

Diretora

 

Rafaela Camelo

Rafaela Camelo é diretora e roteirista formada em Audiovisual pela UnB e pós-graduada em Roteiro para Cinema e TV pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP). “O Mistério da Carne”, seu curta de ficção, foi selecionado para o Sundance Film Festival 2019 (EUA) e ganhou os prêmios de melhor filme no Biarritz Amérique Latine (França) e no festival New Directors, New Films (Portugal), entre outros. “A arte de andar pelas ruas de Brasília” foi seu primeiro curta, selecionado no Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano em Havana e premiado nas categorias de melhor filme, melhor roteiro e melhor direção em festivais ao redor do mundo. As relações familiares, a adolescência e o despertar sexual são os temas que Rafaela explora em seu trabalho. Atualmente desenvolve o seu primeiro longa, “Sangue do meu sangue”, ganhador dos prêmios de melhor roteiro na categoria longa-metragem no BAL-LAB 2019 (França) e no Cabíria Prêmio de Roteiro 2019 (Rio de Janeiro).

 

Produtora

Daniela Marinho

Brasiliense, nascida em 1985, graduou-se em Audiovisual, pela Universidade de Brasília (UnB), onde também obteve título de Mestra em Comunicação. Atualmente é bacharelanda em Direito (conclusão prevista em 2022). Com mais de uma década de atuação na área de produção, foi produtora local de mais de 50 mostras de cinema, trabalhou em funções diversas em 25 curtas-metragens e 6 longas. Destaque-se em sua filmografia, a produção do curta “O Mistério da Carne”, de Rafaela Camelo, com première internacional no Sudance Film Festival 2019. E a coprodução “All Still Orbit”, dirigido por Dane Komljen e James Lattimer, lançado em 2016 no festival de Rotterdam. Atualmente, ela e Camelo desenvolvem o primeiro longa-metragem de Rafaela, “Sangue do meu Sangue”. Além desse projeto, Daniela trabalha na pós-produção do primeiro longa-metragem a ser inteiramente produzido sua própria empresa, Moveo Filmes, “Na Barriga da Baleia”. Também encontram-se em pós-produção dois curtas: “Lubrina” e “Máquina”.