home mostra programação oficinas/seminario debates regulamento homenagem filmes prêmios imprensa mostra especial júri equipe parceiros goiânia

Oficinas e Seminário

O Icumam solicita aos selecionados para as OFICINAS que compareçam ao Icumam e validem sua inscrição até o dia 3 de outubro, contribuindo com 15 reais, destinados ao custeio de material didático

Local: Icumam (Rua 91, nº 612, Qd. F-20, Lt. 16, Setor Sul – Goiânia/GO)

Selecionados para seminário e oficinas

Oficina de Documentário Brasileiro Contemporâneo

Ministrante: Carlos Alberto Mattos
Data: 11 a 13 de outubro
Horário: 09h às 13h
Local: Local: Centro Cultural C.A.R.A Vídeo (Rua 83, Nº 361 - Setor Sul)
30 vagas

Apresentação

Conteúdo programático ilustrado com trechos de filmes, abordando a diversidade de métodos e linguagens dos documentaristas brasileiros, nos últimos 10 anos. Os principais diretores, as formas de construção mais interessantes e criativas, questões de ética e estética no novo documentário brasileiro. Influências, contaminações com a ficção, a videoarte e as expressões subjetivas.

Objetivos

Examinar métodos e linguagens próprias do documentário brasileiro contemporâneo a partir da obra de cineastas fundamentais como Eduardo Coutinho, João Moreira Salles, Evaldo Mocarzel e Kiko Goifman. Além disso, vai situar essa nova fase em relação à história do documentário brasileiro e às influências internacionais sobre ele exercidas desde os anos 1960. As aulas serão ilustradas com trechos de filmes.

Público-alvo

Profissionais do audiovisual, estudantes, pesquisadores, entusiastas do cinema.

Programa – 12h/a

Aula 1: Discussão do conceito de documentário. Doc clássico x doc moderno. As “revoluções” dos anos 60: cinema direto e cinema-verdade. Seus reflexos no Brasil.

Aula 2: Filmes de observação e de interação. João Moreira Salles, Maria Augusta Ramos, Eduardo Coutinho, Evaldo Mocarzel, Vladimir Carvalho. Docs de encontro, convivência e transferência. A idéia de reflexividade.

Aula 3: Docs pessoais e familiares. Kiko Goifman, Sandra Kogut. Docs de coleta. Estética do Super 8. Aproximações com o experimental e a videoarte. O doc de invenção: Joel Pizzini, Cao Guimarães, Carlos Nader.


Oficina de Roteiro - Ficção e Documentário


Ministrante: Di Moretti

Data: 10 a 12 de outubro
Horário: 14h às 18h
Local: Centro Cultural C.A.R.A Vídeo (Rua 83, Nº 361 - Setor Sul)
30 vagas

Apresentação

Esta oficina apresenta temas específicos que descrevem o processo de realização de um roteiro cinematográfico, de ficção e documentário. Hoje, a ficção se serve da realidade como matéria-prima essencial para a construção de suas histórias, não só na fase de pesquisa, mas na própria condução de sua narrativa. Muitos filmes ficcionais se apropriam da mis-en-scène do documentário e, em igual medida, muitos documentários se utilizam das linhas narrativas características da ficção. Nesta mescla, onde tudo é quase verdade, o cinema constrói sua própria realidade.

Objetivos

Esta oficina apresenta temas específicos que descrevem o processo de realização de roteiros cinematográficos, de ficção e documentário.

Roteiro de ficção: Análise da criação e confecção de um roteiro, do conteúdo à forma. A participação do roteirista em todo processo de produção de um filme... Detalhes sobre profissão, pesquisa, estrutura narrativa, arco dramático, personagens, diálogos, movimento, ritmo, roteiro original e adaptado, distinção entre roteiros de TV e de cinema, roteiros de curta metragem...

Roteiro de documentário: Análise da preparação de um roteiro de documentário. Critérios e formas de pesquisa, pesquisa literária e iconográfica, apresentação, justificativa, abordagem, organograma de captação de depoimentos, seleção de material de arquivo, foco dramático, linhas narrativas...

Público-alvo

Profissionais do audiovisual, estudantes, pesquisadores, entusiastas do cinema.

Programa – Carga horária: 12h/a

Módulo 1 – “O roteirista”: discute o trabalho deste profissional no desenvolvimento de uma produção cinematográfica, as etapas de elaboração, pesquisa, confecção, aprimoramento do roteiro e outros aspectos ligados à carreira: remuneração, contrato de trabalho, concursos de estímulo e laboratórios de roteiro.

Módulos 2 e 3 – “O roteiro de ficção”: análise mais profunda de todo o processo de criação e confecção de um roteiro, de seu conteúdo à sua forma. Detalhes sobre linguagem narrativa, diálogos, personagens, movimentos de câmera, ritmo, adaptações, distinção entre roteiros de TV e de cinema, curta metragem.

Módulo 4 – “O roteiro de documentário”: discorre, de maneira sucinta, sobre a preparação de um roteiro de documentário. Muitos dizem que documentário não tem roteiro, mas o que existe é um minucioso esboço, um esqueleto de preparação para a captação de depoimentos e imagens que comporão, na montagem, o verdadeiro roteiro do documentário. A pesquisa iconográfica, a pesquisa literária, o material de arquivo, os depoimentos, os depoentes, o foco da estrutura dramática, as linhas narrativas.


Seminário de Roteiro


Coordenador: Di Moretti

Participantes:

Aleksei Abib
Dani Patarra
Luciana Freire Rangel
Marcos Lazzarini

Data: 12 e 13 de outubro
Horário: 10h às 13h
Local: Hotel La Residence
50 vagas (concedidas aos primeiros 50 inscritos)

Apresentação

Seminário sobre roteiro cinematográfico mesclando noções teóricas com debates livres sobre roteiros. A mesa de exposição e análise será composta por quatro roteiristas de renome nacional, integrantes da Associação de Roteiristas “Autores de Cinema”.

Objetivos

Além de esclarecer e informar sobre a relevância do roteiro para um filme, o seminário também tem como objetivo valorizar e destacar a importância do roteirista para o desenvolvimento da cadeia produtiva do cinema nacional. O mercado precisa, urgentemente, formar novos roteiristas para garantir a qualidade dos filmes.

Público-alvo

Estudantes de comunicação, cinema e interessados na arte do roteiro cinematográfico.

Programa

- o Roteirista e a Profissão;
- a Pesquisa e o Processo de Criação;
- o Roteiro e a Estrutura Narrativa;
- o Movimento e A Linguagem;
- o Personagem e O Diálogo.

IMPORTANTE:

As vagas para as oficinas serão distribuídas, preferencialmente, entre os candidatos residentes em Goiânia/GO, cidade onde se realiza o festival.

Os candidatos às oficinas e seminário devem dirigir-se ao escritório do Icumam (Rua 91, nº 612, Qd. F20, Lt. 76 - Setor Sul – Goiânia/GO. Fone: 3218 3780) para realizar as inscrições.
 
As pessoas interessadas em participar das oficinas devem apresentar currículo resumido no ato da inscrição.
 
O seminário de Roteiro oferece 50 vagas que serão preenchidas por ordem de inscrição.
 
A lista dos selecionados para as oficinas e seminário será divulgada no site do festival em 24 de setembro.

Icumam - Rua 91 Nº 612, Setor Sul - cep: 74083-150 - Goiânia - GO - fone (62) 3218 3780 -Fale conosco