Marco Dutra

 

Marco Dutra é formado em Cinema pela USP. Realizou diversos curtas em parceria com Juliana Rojas, com quem fez seu primeiro longa, Trabalhar Cansa, lançado em 2011, no Festival de Cannes. Integra o Coletivo Filmes do Caixote. Prepara agora os longas Quando Eu Era Vivo e As Boas Maneiras, trabalha também como compositor, roteirista e montador.

 


ROTEIRO e DIREÇÃO

“Trabalhar Cansa” (99 min, 35 mm, 2011), com Juliana Rojas, produção de Sara Silveira
- Seleção do Festival de Cannes em 2011 – Un Certain Regard
- Prêmio Especial do Júri e Melhor Som no Festival de Paulínia 2011
- Melhor atriz no Festival de Lima, Peru
- Seleção oficial do Festival de Brasília 2011

“Desassossego” (70 min, HD, 2010, direção coletiva), com Juliana Rojas
Fragmento: “Nascemos Hoje, Quando o Céu Estava Carregado de Ferro e Veneno”
- Seleção Oficial do Festival de Rotterdam 2011

“As sombras” (15 min, 35mm, 2009), com Juliana Rojas

“Um ramo” (15 min, 35 mm, 2007), com Juliana Rojas, produção de Sara Silveira
- Prêmio Descoberta para o Melhor Curta da Semana da Crítica – Cannes 2007

“O lençol branco” (15 min, 35 mm, 2004), com Juliana Rojas
- Seleção Oficial do Festival de Cannes 2005 – Cinéfondation
- Selecionado para os Festivais de Gramado 2004, Golden Chest (Bulgária) 2004, Mar
Del Plata 2005, Festival Universitário de Munique 2005, entre outros
- Melhor Direção no Festival Primeiro Plano de Juiz de Fora 2004

“Concerto número três” (13 min, 16 mm, 2004)
- Prêmios de Melhor Roteiro e Especial do Júri no Festival de Brasília 2004
- Prêmio STV de Melhor Curta no Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2004
- Menções Honrosas da Associação de Críticos e do Júri da ABD no Festival
Internacional de Curtas do Rio de Janeiro – Curta Cinema 2004
- Melhor roteiro do Concurso Projeto Sal Grosso 2003

“Espera” (4 min, Beta SP, 2003)
- Competição Oficial do Festival Imagem em 5 Minutos da Bahia 2003
“Notívago” (13 min, Beta SP, 2003), com Juliana Rojas e Daniel Turini
- Seleção Oficial do Festival de Vitória 2003
- Competição Oficial do Festival Brasileiro de Cinema Universitário 2003

Projetos originais em fase de desenvolvimento: “O esquecimento”, “Lembrança de um amor jovem”, “As boas maneiras”, “Os inimigos” e “Quando eu era vivo”.
- Criação, direção e finalização do Projeto Memória da Companhia de Teatro do Latão (2005-2007), com Caetano Gotardo e Diogo Noventa

 


ROTEIRO

“Meu país” (2011) – Longa-metragem de André Ristum / Gullane Filmes
“No meu lugar” (2009) – Longa-metragem da Videofilmes dirigido por Eduardo Valente, escrito com Felipe Bragança, Gustavo Bragança e Eduardo Valente
- Seleção Oficial do Festival de Cannes em 2009
“Alice” – Série de TV produzida pela HBO e pela Gullane Filmes, dirigida por Karim Ainöuz e por Sérgio Machado
“Tudo o que é sólido pode derreter” – Série da TV Cultura / Ioiô Filmes, dirigida por Rafael Gomes
“Desgraçados” – Longa-metragem de Dennison Ramalho / RT Features
“Revanche” – Longa-metragem produzido por Paulo Morelli / O2 Filmes, escrito com Vinícius Vitti
Teca na TV 2007 – Programa de televisão infantil do Canal Futura

 


PRODUÇÃO

“Vestida” (15 min, 35 mm, 2008), de Juliana Rojas, produção Ioiô Filmes
“O diário aberto de R.” (14 min, 35 mm, 2005), de Caetano Gotardo
“Dueto cego” (8 min, 16 mm, 2004), de Carla Kinzo e Clara Lobo
“Amanhã de manhã” (5 min, Beta SP, 2003), de Daniel Turini

 

MONTAGEM
Curtas dirigidos por Gabriela Amaral Almeida: “A mão que afaga” (2012), “Uma primavera” (2011), “Náufragos” (2010) e “A sutil circunstância” (2010).

 


DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA

“Memória sentimentais de um editor de passos” (16 min, 35 mm, 2006), de
Daniel Turini
“Nossos parabéns ao Freitas” (12 min, 16 mm, 2003), de Felipe Sant’Ângelo
“Antes de partir” (10 min, Beta SP, 2004), de Daniel Turini
“Montagem” (5 min, Beta SP, 2004), de Giuliano Ronco

 


TRILHA SONORA ORIGINAL

“O que se move” (90 min, 35mm, 2012), de Caetano Gotardo
“Pra eu dormir tranquilo” (15 min, 35mm, 2011), de Juliana Rojas
“Relicário” (16 min, 35 mm, 2008), de Rafael Gomes
“Alice” (15 min, 35 mm, 2005), de Rafael Gomes
“Seja feita a vossa vontade” (15 min, Beta, 2004), de Eduardo Mattos e Daniel Ribeiro
“Concerto número três” (13 min, 16 mm, 2004, também direção e roteiro)
“A malcriada” (15 min, Beta SP, 2002), de Pedro Granato

 


CURSOS LIVRES e OUTRAS EXPERIÊNCIAS

- Curso Intensivo de Operação de Avid (sede da Avid em Munique, novembro de 2005)
- Direção Teatral com Antônio Araújo, Teatro da Vertigem (resultou na peça curta “Ana e os Outros”, feita em Processo Colaborativo)
- Cinema e Poesia, com Gyorgy Karpáty, no 13o Festival Internacional de Curtas de SP (resultou nos vídeos ONTEM e HOJE, feitos em co-direção com Juliana Rojas)
- Godard e as transformações da imagem, com Philipe DuBois, da Universidade Paris III, outubro de 2000
- Piano Clássico e Composição, com Cristina Simalha – 5 anos