Japão

JAPÃO

longa-metragem de ficção (GO)


SINOPSE

José é operário de uma mina de esmeralda e está hospitalizado depois de um grave acidente. Quem lhe faz companhia é o fantasma de sua esposa Jandira, cujas histórias lembram os lugares pelos quais passaram juntos na vinda da Bahia para Campos Verdes. José aguarda a chegada do médico que nunca vem. Uma enfermeira passa todas as manhãs, troca o soro e os curativos. Já em casa, José recebe visitas de amigos que trabalhavam nas minas. Em um dos seus sonhos retorna a mina, perambula pelas ruínas do antigo garimpo. Ele encontra Zumba, um dos trabalhadores mortos na mina.



DIRETOR – Henrique Borela

31 anos, vive e trabalha em Goiânia. É realizador audiovisual, pesquisador, curador e produtor cultural. Formado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Goiás, desde 2011 trabalha com cinema, exercendo diversas funções dentro da cadeia do audiovisual. Assinou a direção e roteiro dos curta-metragens Porfírio (2016) e Eu Kalunga (2011), e dos longas-metragens Taego Ãwa (2016) e Mascarados (2020), junto com sua irmã Marcela. Henrique é também um dos criadores do Fronteira – Festival Internacional do Filme Documentário e Experimental, que acontece na cidade de Goiânia.



PRODUTORA – Marcela Borela

É realizadora audiovisual, produtora, pesquisadora e curadora. Suas principais produções são o média Mudernage (2010) e os longas Taego Ãwa (2016) e Mascarados (2020), os dois últimos em codireção com Henrique Borela, seu irmão. Criou e coordena, desde 2014, o Fronteira – Festival Internacional do Filme Documentário e Experimental. É professora de audiovisual do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília.


ROTEIRISTA E PRODUTOR – Rafael Castanheira Parrode

É pesquisador, curador, produtor e realizador, nascido em Goiânia, Goiás. É mestrando pela ECA-USP, cuja pesquisa é voltada para o cinema político e experimental na América Latina. Na Barroca Filmes, produziu vários curtas e longas-metragens. É um dos diretores artísticos e programador internacional do Fronteira – Festival Internacional do Filme Documentário e Experimental. Seu primeiro curta, Bom Dia Santa Maria (2019), estreou na 23.ª Mostra de Cinema de Tiradentes em 2020. Seu filme seguinte, Memby (2020), teve estreia no Festival de Locarno 2020. Atualmente desenvolve seu terceiro filme O Dente do Dragão.