Júri do Pitching

PITCHING

Exclusivamente para os participantes do laboratório

14 de outubro de 2021 (quinta-feira)

10h – 12h


JÚRI


Cíntia Domit Bittar – Diretora e Roteirista

(Convidada para compor a banca)

API

Mylena Mandolesi – Diretora de Produção e Atendimento 

(Representante da empresa parceira na premiação)

Cas4tro

 Ivan Melo – Produtor

(Convidado para compor a banca)

CUP FILMES

Magali Wistefelt – Diretora Comercial e de Marketing

(Representante da empresa parceira na premiação)

DOT CINE 

 

 

Cíntia Domit Bittar Diretora e Roteirista

Cíntia Domit Bittar (1986) é sócia-fundadora na Novelo Filmes (Florianópolis, 2010 -), produtora independente liderada por mulheres, onde atua como diretora, roteirista, produtora e montadora. Desde 2011, tem presença constante nos principais festivais de cinema do Brasil e grandes festivais internacionais com obras tanto de ficção quanto de documentário, posteriormente licenciadas para canais de TV no Brasil e exterior. A mais recente é “Baile”, finalista do GP do Cinema Brasileiro e qualificado ao Oscar 2021 ao ganhar melhor curta no 60º FICCI, além de melhor direção no 29º Curta Cinema e Top 10 do Público no 30º Kinoforum e seleções oficiais em 66º Oberhausen ISFF, 44º Hong Kong IFF, 38º Uruguay IFF, 21º Festival do Rio, entre outros. Prepara-se para dirigir o longa “Gente de Bem”, cujo projeto foi vencedor no edital Prêmio Catarinense de Cinema e selecionado para o 12º Brasil CineMundi (2021). Professora de direção da Academia Internacional de Cinema (São Paulo), além de ministrante de cursos livres e palestras em redes como SESC e eventos do meio audiovisual. Integra bancas de seleção em editais (Funcultura Audiovisual Pernambuco 2018 e 2021, Lei Aldir Blanc Ceará), em festivais (Festival de Brasília 2020, Kinoforum 2021) e júris em mostras competitivas. Diretora na API – Associação das Produtoras Independentes do Audiovisual Brasileiro. Graduada em Cinema (Unisul, 2007). Recebeu o prêmio Franklin Cascaes (2012), outorgado pela prefeitura de Florianópolis pela sua contribuição ao cinema.


Mylena Mandolesi – Diretora de produção e atendimento

Mylena Mandolesi, diretora de produção e atendimento por 20 anos para agências e clientes como Leo Burnett, W/McCann, R/GA, Gringo, Google, Magazines Luiza, Coca-Cola, Microsoft, Absolut, Riachuelo, entre outros. Ainda na publicidade, fez a produção executiva de campanhas internacionais para Dove e Maybelline. Na área de conteúdo, foi produtora executiva da série de TV Insustentáveis e dos documentários Ventos que Sopram Pará e Ventos que Sopram Maranhão e atuou como diretora de produção da série doc Consciência³. Em 2020, criou e coordenou a criação de um canal de TV para a plataforma digital Twitch.tv com mais de 70 horas de programação online. Na área de educação, ministra cursos de planejamento de produção para o audiovisual no Centro Cultural B_arco e Tecna POA.


Ivan Melo – Produtor

Ivan Melo é sócio fundador da CUP FILMES, produtora e distribuidora de filmes independentes e de eventos de cinema. Possui larga experiência na indústria cinematográfica internacional. Trabalhou como produtor executivo e programador da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, Diretor Artístico do Festival de Cinema de Paulínia e CEO do Polo Cinematográfico de Cinema de Paulínia, onde foi responsável pela produção local de mais de 40 longas-metragens. Como produtor executivo, trabalhou nos documentários Bem Vindo a São Paulo, coletivo de curtas-metragens organizado por Leon Cakoff e Renata de Almeida e dirigido por Tsai-Ming Liang, Wofgang Becker, Amos Gitai, Phillipe Noyce, Maria de Medeiros, Mika Kaurismäki entre outros (2007); TOP 25, de Richard Luiz (2009); Alvorada, de Anna Muylaet e Lo Politi e de Fronteira, de Juliano R. Salgado, e nos longas-metragens de ficção Tinnitus, de Gregório Graziosi (2019) Parabéns, Garota!, de Luís Carlos Soares (2019), e na animação em stop motion Bob Cuspe Nós – Não Gostamos de Gente, de Cesar Cabral. Foi ainda produtor dos longas Corpo Elétrico de Marcelo Caetano e A Mãe, de Cristiano Burlan. Atualmente, como produtor está em fase final de financiamento do documentário, Palavra Presa de Ilaine Melo, da ficção Baby, de Marcelo Caetano, e da animação infantil Um Pinguim Tupiniquim, de Cesar Cabral.


Magali Wistefelt – Diretora Comercial e de Marketing

Magali Wistefelt sócia e diretora comercial e marketing da DOT, empresa de pós- produção que atua há 11 anos no mercado de entretenimento e publicidade, destaca-se por ser uma das mais respeitadas finalizadoras do Brasil. Com mais de 20 anos de experiência na área comercial, formada em Publicidade e Propaganda e Pós-graduada em Marketing de Serviços pela FAAP. Já atuou nas maiores finalizadoras do país.