Projetos premiados

PROJETO PREMIADO: NO PÔR DO SOL (DF)

SINOPSE

Na cidade de Ceilândia, maior região administrativa do Distrito Federal, nos deparamos com Leni liderança do bairro periférico Pôr do Sol. Em uma rede de resistência ancestral, as história de Leni no presente e no passado se entrecruzam com as de sua filha Renata para narrar os desafios assumidos e a vontade de viver dessas mulheres negras no chão de terra batido do cerrado. Nas memórias e no cotidiano de Leni, o território se ergue e se refaz, desde o início dos anos 90, em uma jornada de desejo por melhores condições de vida para todas as pessoas da família e da comunidade, como também de vivências e tantas lutas e celebrações, que fazem do bairro uma memória viva.

Diretores: Bruno Victor e Marcus Azevedo

Produtora: Bethania Maia

PRÊMIO: Apoio de R$ 5.000 para formação ou desenvolvimento de projeto


PROJETO PREMIADO: VIAGENS DE NINA (DF)

SINOPSE

Série animada em 2D sobre Nina que encontra um álbum de fotografias de viagens que pertenceu a sua tia-avó Amélia, uma diplomata desaparecida. Ela consegue viajar no tempo através das fotografias para conhecer Amélia e vivenciar acontecimentos históricos ao redor o mundo com ela. Nina é fascinada por ela e está sempre procurando para conselhos e aventuras com sua tia-avó.

Diretora: Ana Carolina Resende Leite

Produtor:  Gustavo Fontele Dourado

Roteirista: Izabela Brettas

PRÊMIO: 36 horas de correção de cor


PROJETO PREMIADO: JAPÃO (GO)

SINOPSE

José é operário de uma mina de esmeralda e está hospitalizado depois de um grave acidente. Quem lhe faz companhia é o fantasma de sua esposa Jandira, cujas histórias lembram os lugares pelos quais passaram juntos na vinda da Bahia para Campos Verdes. José aguarda a chegada do médico que nunca vem. Uma enfermeira passa todas as manhãs, troca o soro e os curativos. Já em casa, José recebe visitas de amigos que trabalhavam nas minas. Em um dos seus sonhos retorna a mina, perambula pelas ruínas do antigo garimpo. Ele encontra Zumba, um dos trabalhadores mortos na mina.

Diretor: Henrique Borela

Produtora: Marcela Borela

Produtor e roteirista: Rafael Castanheira Parrode

PRÊMIO: 15 mil em serviços de pós de imagem


PROJETO PREMIADO: VESTÍGIOS (GO)

SINOPSE

Henrique (38, investigador de polícia), junto a sua parceira Bia (39, investigadora de polícia), decidem investigar a morte do dançarino Júlio César (28) e de Mateus (37, engenheiro químico), namorado de Henrique. Estas mortes demonstram estar interligadas a indústria farmacêutica Ônix, situada no complexo DAIA na cidade de Anápolis/GO. Henrique e Bia descobrem que a Ônix estava fazendo experimentos ilegais. E Bia acaba descobrindo que a morte de Mateus foi forjada. Henrique encontra Mateus e o experimento é revelado: uma droga que age em grande parte das células de memória que carregam os traumas, sendo substituídas por memórias felizes. Parece ser benéfico, mas é ilegal para testes em humanos, causando a morte em cobaias. Mateus revela que aplicou a droga em Henrique e que o resultado foi eficaz. Mateus e outras pessoas da Ônix são presas. Henrique recebe uma proposta do governo brasileiro para ser submetido a análises sobre a eficácia da droga em seu corpo. Ele não aceita.

Diretor: Cássio Domingos

Produtora: Lara Morena

PRÊMIO: 4 horas de consultoria de produção executiva


PROJETO PREMIADO: GARVEY (DF)

SINOPSE

Uma garota atravessa corredores e portas de um hotel como se fosse um fantasma. Um espectro se desprende de uma placa. O mensageiro nota algo estranho e a camareira quer ir embora desse lugar. As pessoas se cruzam, mas poucos se notam. No Garvey, tudo um dia vai cair.

Diretores: Amanda Devulsky e Pedro B. Garcia

Produtor: Vitor Graize

PRÊMIO: Consultoria individualizada de pitching