Vestígios

VESTÍGIOS 

série de ficção (GO)


SINOPSE

Henrique (38, investigador de polícia), junto a sua parceira Bia (39, investigadora de polícia), decidem investigar a morte do dançarino Júlio César (28) e de Mateus (37, engenheiro químico), namorado de Henrique. Estas mortes demonstram estar interligadas a indústria farmacêutica Ônix, situada no complexo DAIA na cidade de Anápolis/GO. Henrique e Bia descobrem que a Ônix estava fazendo experimentos ilegais. E Bia acaba descobrindo que a morte de Mateus foi forjada. Henrique encontra Mateus e o experimento é revelado: uma droga que age em grande parte das células de memória que carregam os traumas, sendo substituídas por memórias felizes. Parece ser benéfico, mas é ilegal para testes em humanos, causando a morte em cobaias. Mateus revela que aplicou a droga em Henrique e que o resultado foi eficaz. Mateus e outras pessoas da Ônix são presas. Henrique recebe uma proposta do governo brasileiro para ser submetido a análises sobre a eficácia da droga em seu corpo. Ele não aceita.



DIRETOR – Cássio Domingos

É roteirista, diretor e produtor. Associado à ABRA (Associação Brasileira de Autores Roteiristas). Cursou: 2020. Formação Livre em Roteiro pela Academia Internacional de Cinema (SP). 2020. Aluno especial no Programa de Pós – Graduação em Meios e Processos Audiovisuais da ECA – USP. Disciplina Historiografia e Cinema: aportes teórico-metodológicos. Professores: Eduardo Morettin e Rafael Morato Recebeu conceito “A”. 2020. Lab. de Roteiro – Série de Ficção. 14ª CineBH – Fest. Int’l de Cinema de Belo Horizonte. Instrutor: Aurélio Aragão. 2017. 12º Curso de Formação Profissional – Núcleo de Desenv. de Roteiros Audiovisuais. Série de TV (Drama). ICUMAM. Ministrante: Thiago Dottori. 2016. 11º Curso de Formação Profissional – Núcleo de Desenv. de Roteiros Audiovisuais. Ficção. ICUMAM. Ministrante: Di Moretti. 2015. Criação e desenv. de personagens. Culturama. Ministrante: Emerson Rodrigues. Graduado e especialista em Direito.



PRODUTORA – Lara Morena Chaves Pereira

Com Graduação em Artes Cênicas pela UFG e formada no Taller de Produção Executiva pela EICTV (Cuba), finalizado em novembro de 2016, Lara iniciou suas atividades como produtora cultural no ano de 2005, onde liderou a presidência do Ponto de Cultura Criméia, projeto que alavancou a realização do Festival Juriti de Música e Poesia Encenada, do qual é coordenadora. Entre os anos de 2012 e 2015 se destacou na produção de festivais de música integrando-se à Fósforo Cultural, produtora dos Festivais Vaca Amarela, Grito Rock e La Bomba Latina. Em 2015 entrou em parceria com a  Caolha Filmes onde pôde focar sua carreira na área audiovisual como produtora executiva, e desde então trabalhou nesta mesma função para o curta “O Malabarista” de Iuri Moreno, e está em fase de produção de mais 3 curtas, 2 longas e da série “Missão 347” do mesmo diretor.