Viagens de Nina

VIAGENS DE NINA

série de ficção (DF)


SINOPSE

Série animada em 2D sobre Nina que encontra um álbum de fotografias de viagens que pertenceu a sua tia-avó Amélia, uma diplomata desaparecida. Ela consegue viajar no tempo através das fotografias para conhecer Amélia e vivenciar acontecimentos históricos ao redor o mundo com ela. Nina é fascinada por ela e está sempre procurando para conselhos e aventuras com sua tia-avó.



DIRETORA – Ana Carolina Resende Leite

É roteirista e diretora, graduada em Pedagogia e Audiovisual pela Universidade de Brasília. Trabalha há 10 anos no mercado audiovisual na direção, assistência de direção, continuidade, fotografia e edição. Dirigiu o documentário “Por uma Escola dos Sonhos”, exibido no Festival Gato Preto (2016), premiado no EXPOCOM Regional Centro Oeste e EXPOCOM Nacional, (2016); Brazilian International Film Festival- BIFF(2017), Festival de Cinema Educativo -FECEA, (2017). Dirigiu curta-metragens de ficção. Integra o Madá, Núcleo Criativo e idealizou os projetos: Andorinhas: Mulheres que ousaram voar, A Menina no Mundo do Brócolis, Viagens de Nina. Os projetos estão em fase de desenvolvimento. Participou de festivais importantes como Ventana Sur , Rio2c e Prêmio Cora. Em 2020 escreveu e dirigiu para o CURTO PODCAST, o episódio 1:26 e o filme teatro-híbrido Norma Desmond. Em 2022, irá dirigir o curta-metragem 1:26 contemplado pelo FAC.



PRODUTOR – Gustavo Fontele Dourado

No audiovisual fez a produção executiva do longa documental No rastro das cargueiras (2020) (FAC-DF),vencedor do Prêmio Pierre Verger 2020 de filme etnográfico. Fez a direção, roteiro e produção executiva do curta In Memoriam (2018) (FAC-DF), exibido no 51º Festival de Brasília. Na série documental Antena da Raça (FSA, Prodav), exibida no canal Cine Brasil TV, fez a produção local no DF. Foi assistente de direção do curta Cartas de Brasília (FAC-DF), exibido no É Tudo Verdade de 2021. Atualmente, dirige o curta-metragem de animação Internet d_s mort_s. Foi produtor executivo do curta Paredes Clandestinas (2019) (FAC-DF), exibido no Transnational Queer Underground ShortFilmNights (Berlim), Cayenne Film Festival (Nova York), 42º Festival Guarnicê de Cinema (Maranhão) entre outros. É produtor executivo da série de animação Andorinhas, em etapa de captação de recursos e que participou das rodadas de negócios da Rio2C 2020 ([email protected]).



ROTEIRISTA – Izabela Brettas Baptista

É escritora, roteirista e ilustradora de Brasília, Brasil, e é graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Brasília. Idealizou os projetos Andorinhas: Mulheres que ousaram voar e Viagens de Nina, ambos em desenvolvimento, tendo sido uma das ilustradoras e co-roteirista. Participou de renomados festivais como Ventana Sur (Argentina) e levou os projetos para rodas de negócio, apresentações e pitchings tanto no Rio2C (Brasil) quanto no Prêmio Cora (Brasil). Para além do cinema, Izabela participa do Coletivo Subplano, coletivo de escritores de Brasília, contribuindo com a publicação de contos e poesias. Teve o livro infantil “E se eu fosse assim?” selecionado para o Laboratório de Publicações da Feira DENTE (2019). Recentemente, editou e publicou o livro Quando o presente tiver trancado a sua porta (2021), coletânea de contos com selo do coletivo e trabalha na produção da HQ Andorinhas fruto da pesquisa para a série animada.